21 de abr de 2012

TableTop Episódio 2: Settlers of Catan

Está no ar o segundo episódio da série TableTop apresentada por Wil Wheaton e para a felicidade dos Adoradores de Catan este foi o jogo escolhido para a jogatina do apresentador e seus convidados.



Eu sempre curti assistir vídeo-resenhas de jogos tanto para ajudar na escolha dos jogos que pretendo comprar como para tirar algumas dúvidas que temos após a leitura do manual de regras, mas com certeza este novo formato de vídeo onde assistimos uma partida em andamento realmente me cativou.



Os que acompanham nosso Blog sabem que além de resenhas e vídeos nossa principal atividade é o relato das jogatinas do grupo, por isso sou fã do site Clube do Um, recentemente conheci um outro Vlogger que adotou um método similar de apresentação de Board Games, ensinando em vídeo um passo a passo de como jogar determinados jogos de tabuleiro ao estilo do casal brazuca do Aboard Games.


Divirtam-se.

19 de abr de 2012

Jogatina

A última jogatina rendeu umas 6 ou 7 horas de muita diversão e a estréia de grandes clássicos que por aqui eram novidade.


Começamos a função com várias partidas de Jungle Speed, muito dinâmico o jogo é praticamente sem regras de tão simples, rolou muita risada e alguns arranhões, por vezes quando alguém estava quase se livrando das últimas cartas perdia um duelo ou pegava/derrubava o tótem na hora errada e voltava a ter uma pilha enorme de cartas novamente.
As partidas são bem rápidas cerca de 10 à 15 minutos todos jogam seus turnos muito rapidamente é virar uma carta conferir se rolou um duelo e passar a vez.

Consegui tirar uma foto de um duelo entre a Jessica e o Lothar.



Como o grupo estava menor com 4 pessoas aproveitamos pra puxar um Stone Age com a amiga da Jessica que se juntou ao grupo pela primeira vez.

Concentrado na escolha de ações dos meus trabalhadores.



No final do jogo a Jéssica levou a partida com quase o triplo de pontuação dos outros jogadores optando por uma estratégia de investir em uma grande quantidade de cartas cartas ao ivés de construções.


Depois disso ainda plantamos feijões no Bohnanza sem fotos.

9 de abr de 2012

Coelhinho dos Pampas

O feriadão começou muito bem por aqui, fechamos um grupo de 8 pessoas e após algumas caipirinhas e um pouco de Jackass na tv abrimos a jogatina com The Resistance, jogo de dedução muito interativo que eu já tinha a uns 3 ou 4 meses, cheguei a levar pra mesa uma vez junto com Dixit e outros party games e acabou não vendo mesa.


O jogo realmente é muito bom e vale a próxima resenha, simplíssimo de jogar as regras podem ser ensinadas em cerca de 2 minutos e já durante a primeira partida qualquer um entende o que deve ser feito, rola muita acusação, gente fingindo ser o que não é, tentando trabalhar em equipe, resistência vs espiões do império.


Pode ser jogado de 5 à 10 jogadores, jogamos com 8,7 e 6 e foi igualmente divertido, numa determinada partida iniciamos muito bem como espiões eu (Jefferson), a Jessica e o Josias na primeira rodada nós os 3 fomos indicados para a missão, na tentativa de não sermos descobertos o correto seria que no mínimo um dos espiões votasse sim pra ficar na dúvida quem seriam os infiltrados, e não é que todos nós votamos a favor da missão dando a vitória para a resistência e isso acabou nos ajudando deixando os integrantes da resistência marcando eles mesmos por engano e com isso conseguimos vencer 3 missões e levar a taça digo proteger o império do mal.

The Resistance.


Depois de várias partidas de The Resistance rolou varias outras de Jenga e mais algumas de Zombies en La Moneda.

Jenga.

Zombies en La Moneda.

Tinha uns 3 ou 4 que deixaram de ir pra noite pra ficar jogando e depois de muitas horas de jogatina as 4:50 da manhã a galera encerrou a função e foi pra casa dormir, mas eis que depois de tudo isso eu e o Lothar ainda não estavamos com sono de tanto café e resolvemos jogar mais uma coisinha, puxei um Carcassonne que ele ainda não tinha jogado e era fácil de ser aprendido com apenas alguns neurônios acordados.
Baita curtida quando realmente nos entregamos de cansados fomos olhar a hora e já era 7:10 da manhã e os 2 tinham que trabalhar eu as 9:00hs em Pelotas e ele as 11:00hs em Rio grande, não dava mais pra dormir então fomos encarar o trampo e assim finalmente encerrou a jogatina da Páscoa por aqui.

A foto da mesa final de Carcassonne.

Minha foto da vitória.

E a cara de loser do Lothar.

E pra completar o feriadão não é que no sábado mesmo quando cheguei no trampo fui rastrear uma encomenda que estava por chegar e ela já estava disponível na minha caixa postal, que chocolate que nada esse coelhinho aqui dos pampas é bem mais gamer do que os outros.

Os presentes do coelhinho.